Fale Conosco Telefone: (16) 99709-8838
Patricia Gabarra Mendonça - AgrônomaClique na imagem para ampliar

Patricia Gabarra Mendonça - Agrônoma

Patricia Gabarra Mendonça

Engenheira Agrônoma 

(16)3409-8642 (16)99634-0972

Compartilhe:

Mais informações

Currículo
Patrícia Gabarra Mendonça
Engenheira Agrônoma – CREA(SP) 5060097070
Cel.: (16) 9 9634-0972
E-mail: gabarra4@gmail.com 

OBJETIVO
Mercado AGRO - Gestão / Coordenação

QUALIFICAÇÕES

 Doutorado em Agronomia, UNESP - Jaboticabal; Mestrado em Agronomia, UNESP – Jaboticabal e Graduação em Engenharia Agronômica, UNESP – Jaboticabal;

Conhecimento do mercado de defensivos agrícolas, com ênfase no desenvolvimento de mercado, marketing, assistência técnica e sustentabilidade;

Estilo profissional caracterizado pela habilidade de criação; visão estratégica com senso analítico acurado e aberto à inovação, com pragmatismo; 

 Planejadora e gestora de metas na segmentação e fidelização de clientes estratégicos; 

 Facilidade de relacionamento interpessoal, na interação com áreas multifuncionais; grande senso colaborativo, almejando sempre o desenvolvimento de pessoas com perseverança, resiliência e espírito de equipe; foco em resultados e aptidão para exercer liderança; 

 Destacada desenvoltura em apresentações (Seminários, Palestras, Dias de Campo, Eventos em geral); 

 Boa rede de relacionamento junto a Órgãos Oficiais, associações rurais, cooperativas e setor privado de insumos.

HISTÓRICO PROFISSIONAL
UNIFRAN – Universidade de Franca (Maio/2013 – Fev/2019)

Professora

 Responsável pelas disciplinas, no Curso Técnico em Edificações: Topografia I, Topografia II e Materiais de Construção;

 Responsável pela disciplina, no Curso Técnico em Design de Interiores: Paisagismo;

 Responsável pelas disciplinas, no Curso de Graduação em Engenharia Agronômica: Geologia: Solos e Mineralogia, e Solos, Manejo e Conservação;

 Participação em Bancas Examinadoras de Trabalho de Conclusão de Curso.
TIMAC AGRO IND. E COM. FERT. LTDA (Jun/2012 – Fev/2013)

Assistente Técnico Comercial Jr.

 Responsável pelas vendas de produtos e assistência técnica, junto a empresas, cooperativas e diretamente ao produtor, atuando nas regiões de Franca, Ribeirão Preto, Batatais e Altinópolis.

 Desenvolvi estratégias para atingir um maior volume de potenciais clientes, em curto espaço de tempo, atingindo diretamente os consultores regionais.
UEMG – Universidade Estadual de Minas Gerais (Fev/2009 – Dez/2010)

Professora Designida

 Responsável pela disciplina, no Curso Superior de Tecnologia em Produção Sucroalcooleira: Estágio Supervisionado e Atividades Complementares; 

 Responsável pela disciplina, no Curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios: Estágio I e Estágio III; 

 Desenvolvi parcerias com Usinas de produção de açúcar e álcool, laticínios, revendas cooperativas e consultores técnicos autônomos junto à Universidade; 

 Desenvolvi função de assistente de coordenação do Curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios;  Orientei Trabalhos de Conclusão de Curso; 

 Orientei e Co-orientei Projetos de Pesquisa e Extensão junto a alunos bolsistas (CNPq e PAEx/UEMG/ESTADO); 

 Participei como avaliadora de trabalhos apresentados, na forma oral, no 12º Seminário de Iniciação Científica e Extensão da UEMG; 

 Participei da comissão avaliadora de resumos inscritos no 12º Seminário de Iniciação Científica e Extensão da UEMG; 

 Atuei como membro titular do Colegiado do Curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios e  Em 03/08/2009, matriculei no doutorado.

COOPERCITRUS (2001-2005)

Representante Técnico de Vendas (Franca, Ribeirão Preto e região)

 Responsável pelas vendas de toda linha de produtos da cooperativa, seguida de assistência técnica, atuando significativamente no mercado de café, cana de açúcar, grãos e HF;

 Como RTV, garanti crescimento em participação de mercado na região por não trabalhar exclusivamente o mercado de cana de açúcar;

 Resgatei o mercado fidelizando clientes estratégicos;

 Promovi forte integração com técnicos regionais, organizando eventos, dias de campo com grande participação das empresas multinacionais;

 Nov/2001 a Jun/2002, atuei na prescrição dos receituários agronômicos e orientação técnica.

AUTÔNOMA (1999 – 2001)

 Trabalhei com vendas de hortifrutigranjeiros orgânicos (distribuição do Grupo Schoenmaker) em Ribeirão Preto;

 Trabalhei com paisagismo (projetos, manutenção de jardins e vendas de plantas ornamentais e essências florestais);

 Em 02/08/1999, matriculei no mestrado.

ZENECA BRASIL LTDA. (Maio – Dezembro/1997)

Assistente Técnico de Vendas (região de Casa Branca, Vargem Grande do Sul e São João da Boa Vista)

 Responsável pela criação de demanda e venda efetiva assistida à clientes Zeneca Agrícola em parceria com a revenda Agroserv, em busca de Market Share e lucratividade do negócio, visando o mercado de milho, soja, feijão, batata e algodão.

ZENECA BRASIL LTDA. (Janeiro – Abril/1997)

 Atuei como auxiliar de P&D de Produtos para a cultura do café na região de Franca.

ZENECA SEMENTES LTDA. (Jan/1994 – Mai/1995)

Representante Técnico de Vendas (Casa Branca e região, São Carlos e região, Campinas e região)

 Responsável pela criação de demanda e venda efetiva, de milho e sorgo, em busca de Market Share, focando em resultados e lucratividade do negócio com a introdução dos híbridos simples no mercado (inovação), produtos de valor agregado maior;

 Intensifiquei a participação em dias de campo e visitas técnicas feitas à unidade produtora de grãos;

 Segmentei o mercado, criando novos mercados para a linha de híbridos triplos e simples com novos posicionamentos técnicos/comerciais, focando a lucratividade para a empresa e para o produtor;

FAZENDA CRAVINHOS (SP). (Set/1993 – Jan/1994)

 Trabalhei como administradora nas várias áreas de atuação da empresa rural (cafeicultura, produção de manga, produção de grãos, pastagem, produção leiteira, ovinocultura e equinocultura), desde a produção, comercialização, gerenciamento e treinamento de colaboradores.

OUTROS
Destaques especiais:

Diploma de Mérito em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à Engenharia, à Arquitetura e à Agronomia no Estado de São Paulo (2014) (ABEA – SP)

15º lugar concurso Fiscal Federal Agropecuário (2014) (MAPA)

Participação em entidades / associações:

AERF – 2019/2021: Diretora de Agronomia, Agrimensura, Alimentos e Afins

CREA – SP – 2014/2019: Dois mandatos no cargo de Conselheira

GTT Impactos Ambientais na Zona Rural e Urbana – 2018: Conselheira integrante CREA – SP

CP do Crea Jovem – 2017: Conselheira integrante como coordenadora adjunta CREA – SP

CP de Acessibilidade – 2016: Conselheira integrante como coordenadora adjunta CREA – SP
Publicações:

 5 artigos publicados em revistas;

 4 trabalhos apresentados em eventos científicos;

 Autoria material didático / ministrar disciplinas – UNIFRAN.

FORMAÇÃO EDUCACIONAL
ESCOLARIDADE ÁREA CONCLUSÃO / INSTITUIÇÃO

Pós Graduação Agronomia (Ciência do Solo) 2013, FCAV Unesp Jaboticabal

Pós Graduação Agronomia 2002, FCAV Unesp Jaboticabal
(Genética e Melhoramento de Plantas)

Graduação Eng. Agronômica 1992, FCAV Unesp Jaboticabal

IDIOMAS

Inglês: intermediário
Espanhol: básico/leitura

AGRONOMIA

Agronomia é um campo da Gestão Ambiental e abarcado pelas ciências agrárias, sendo uma área multidisciplinar que inclui subáreas aplicadas das ciências naturaisexatassociais e econômicas que trabalham em conjunto visando aumentar a compreensão da agropecuária e aperfeiçoar as práticas agrícolas e zootécnicas, por meio de técnicas e tecnologias em favor de uma otimização da produção dos pontos de vista econômico, técnico, social e ambiental,minimizar o gasto de energia em conformidade com as condições ambientais mutáveis.

O surgimento da agronomia foi mediante a necessidade de sobrevivência humana na terra e era caracterizada pelo cultivo primitivo de extração mas que atendeu a demanda por certo tempo, o que permitiu a permanência dos indivíduos em um local, passou por inúmeras mudanças e foi base da economia de muitas sociedades. Atualmente essa atividade se tornou algo muito mais abrangente e de extrema importância para a economia mundial

Área de Atuação

No geral, a agronomia possui principalmente três áreas de atuação: ensinopesquisa e extensão rural. Produz pesquisas e desenvolve as técnicas que melhoram os resultados da agropecuária como, por exemploː manejo de irrigaçãoengenharia rural, quantidade ótima de fertilizantes, maximização da produção em termos de quantidade e qualidade do produto, fitotecniazootecnia, seleção de variedades resistentes à seca e de raças (melhoramento genético animal e vegetal), doenças e pragas (entomologiafitopatologiafitiatriamatologiamicrobiologianematologia), desenvolvimento de novos agrotóxicos, modelos de simulação de crescimento de colheitasecagem e armazenagem de produtos agropecuáriosagroindústriaeconomia ruralmeio ambientemecanização agrícola e técnicas de cultura de células in vitro. Elas estudam também a transformação de produtos primários em produtos finais de consumo como, por exemplo, a produção, preservação e embalagem de produtos lácteos e a prevenção e correção de efeitos adversos ao ambiente (isto é, a degradação do solo e da água). Ou seja, a agronomia estuda a interação do complexo homem, plantaanimais, solo, clima e ambiente segundo relações de causa e efeito. As pesquisas agronômicas, mais que as de outros campos, estão fortemente relacionadas ao local em que são realizadas. Fato semelhante ocorre com as técnicas derivadas dessas pesquisas. 

Técnicas de produção e manejo do solo fazem parte dos estudos da agronomia.

Assim, esse campo pode ser considerado uma ciência de ecorregiões porque está ligado a características locais de solo e clima que nunca são exatamente iguais nos diferentes lugares geográficos. Os sistemas agrícolas de produção devem levar em conta características como clima, local, solo e variedades de plantas e animais de produção, que precisam ser estudados a nível local. Outros sentem que é necessário entender os sistemas de produção de uma forma generalizada de maneira que o conhecimento obtido possa ser aplicado ao maior número de locais possíveis.

Os Engenheiros Agrônomos atuam de forma eclética e integrada nas atividades rurais através da horticulturazootecniaengenharia ruraleconomiasociologia e antropologia rurais, ecologia agrícola etc.

Os conhecimentos indispensáveis à otimização da atividade rural, adquiridos pela pesquisa científica,demandam a comunicação aos agricultores. Portanto, a extensão rural é o processo de exposição dessas informações servindo-se de método educacional não formal que visa o crescimento da renda e bem-estar das famílias rurais, o que distingue da assistência técnica que é limitada à solução de questões sem instruir o agricultor.[3]

No Brasil,a extensão rural segue a vertente pública e gratuita que é sistematizada em órgãos estaduais, os quais têm o papel de oferecer suporte técnico aos agricultores familiares, filiados a ASBRAER (Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural) a qual objetiva o progresso com a mínima agressão ao meio ambiente, menor custo e de forma honesta. Um outro importante ato a favor da valorização do meio rural foi a criação do Programa Nacional da Agricultura Familiar (PRONAF) que é uma politica pública direcionada a pequenos agricultores a qual pressupõe a competência da geração de renda no espaço rural e nos municípios que estão diretamente ligados a esse ambiente

Patricia Gabarra Mendonça - Agrônoma